Cadastre-se aqui



Normas para admissão no
Viageiros Moto Turismo


I - DA CARACTERIZAÇÃO
1 - A ASSOCIAÇÃO VIAGEIROS MOTO TURISMO tem os seguintes objetivos sociais:
a) Promoção de atividades recreativas, sociais, culturais e esportivas;
b) Fomentar o congraçamento de todos os seus integrantes;
c) Promover reuniões e passeios motociclísticos, em cujos eventos poderão participar, além de motocicletas, triciclos, carros de apoio, ônibus e vans, desde que devidamente identificados com o Brasão da Associação;
d) Promoção da cultura, defesa e conservação do patrimônio histórico e artístico;
e) Promoção gratuita da educação;
f) Promoção do voluntariado;
g) Promoção da Ética, da paz, da cidadania, dos direitos humanos, da democracia e de outros valores universais.

II - DO PROCESSO DE INCLUSÃO
1- É condição para tornar-se INTEGRANTE do VIAGEIROS MOTO TURISMO:
a) Ser apresentado por um INTEGRANTE efetivo, o qual será considerado como PADRINHO do Aspirante;
b) Possuir motocicleta ou ser simpatizante de moto passeio;
c) Possuir Carteira de Habilitação categoria “A” (Motocicletas);
d) Participar das atividades do Grupo;
e) Ser aprovado pelo Diretor Presidente e Conselho Diretor;
f) Participar do curso de conduta disponibilizado pela Associação.
2- Extingue-se da qualidade de INTEGRANTE efetivo:
a) Pela exoneração, a pedido expresso próprio;
b) Pela exclusão, após deliberação do Presidente e do Conselho Diretor, sendo suficiente, a maioria simples dos votos.
3- Será apreciada a exclusão, suspensão ou advertência do Integrante que praticar as seguintes condutas:
a) Utilizar o nome, marca ou imagem da Associação sem autorização expressa do Diretor Presidente ou do Conselho Diretor;
b) Confeccionar qualquer tipo de botton, camiseta, brasão, adesivos, escritas, flâmulas, ou quaisquer outros tipos de objetos que envolvam o nome, marca ou a imagem da Associação, bem como escrever artigos sobre a mesma, sem expressa autorização do Diretor Presidente ou do Conselho Diretor;
c) Agir de forma contrária aos modos aceitáveis de convivência e aos objetivos estabelecidos neste Estatuto, bem como, não se portar de forma a dar continuidade às diretrizes aqui estabelecidas, com o intuito de desagregar o grupo ou alterar os objetivos propostos pela Associação;
d) Não participar das atividades OFICIAIS da Associação, de forma a caracterizá-lo como Integrante Inativo, e/ou estar inadimplente com as contribuições financeiras aprovadas pelo Conselho Diretor por mais de 90 (Noventa) dias, exceto se houver justificativa expressa em contrário, analisada e aprovada pelo Conselho Diretor da Associação VMT.
4- Os Aspirantes, assim como todos os Integrantes obrigam-se, a qualquer tempo, observar todas as condições existentes no Estatuto Social do Grupo.

III - DO QUADRO SOCIAL
1 - O quadro social é constituído por Integrantes, pessoas físicas, nas seguintes categorias:
a – Fundadores: Os quatro que começaram a viajar juntos, sob a bandeira VIAGEIROS MOTO TURISMO. São Fundadores os Viageiros Fernando Duarte Silva (in memorian), Dalva Duarte, Filippe Duarte e Victória Duarte, com direito a votar e serem votados em todos os níveis ou instâncias;
b – Honrados: Integrantes que participaram da elaboração do primeiro Estatuto, da Assembléia Geral de Fundação da Associação e assinaram a Ata da Fundação, com direito a votar e serem votados em todos os níveis ou instâncias desde que estejam ATIVOS;
c – Efetivos: Integrantes que se identificam com as causas defendidas pela Associação, e que estão dispostos a colaborar com a melhoria da qualidade de vida da população, aprovados pelo Presidente e Conselho Diretor. Têm direito a votar e serem votados para quaisquer cargos eletivos, após 02 (dois) anos de filiação como Integrantes efetivos, desde que estejam ATIVOS;
d – Dependentes: pessoas ligadas por parentesco a um associado, tais como ascendentes, descendentes, colaterais, companheiros ˝lato sensu˝;
e – Beneméritos: Pessoas físicas ou jurídicas que, pela elaboração ou prestação de relevantes serviços às causas da Associação fizerem jus a esse título, aprovados pela maioria simples dos presentes em Assembléia de Fundadores e do Conselho Diretor, não tendo direito a votar e ser votado.

IV - DO USO DO BRASÃO E DA BANDEIRA
a) Ficam instituídos como representantes da Imagem e Marca VIAGEIROS MOTO TURISMO os Emblemas, Logos, Brasões, Símbolos e Escritas constantes do anexo que integra o Estatuto Social do Grupo;
b) O Associado que, por quaisquer motivos, não mais integrar a ASSOCIAÇÃO VIAGEIROS MOTO TURISMO, deverá devolver o seu BRASÃO ou PATCHS no ato de sua saída e não será reembolsado em nenhuma hipótese.
c) O Ex-Integrante não fará jus, nem poderá exigir quaisquer indenizações inerentes ao direito de imagem, ao tempo em que, na qualidade de Integrante, foi fotografado e filmado nos Eventos organizados ou não pela Associação, cujo material tenha sido, por ela publicado junto aos meios de comunicação, especialmente a Internet.
d) É vedado ao Ex-Integrante utilizar a Marca, os Patchs, a Bandeira, os Brasões ou qualquer outro Distintivo ou Insígnia inerente à imagem da Associação Viageiros Moto Turismo, sob pena de ser acionado judicialmente na esfera Cível e Penal para cumprir a presente medida, exceto quando autorizado expressamente pelo Conselho Diretor.
e) Excetuam-se das normas estabelecidas neste artigo os Adesivos, Troféus e os Patchs promocionais comercializados ou distribuídos pela Associação.

V - DA MENSALIDADE/CONTRIBUIÇÃO
1 – O pagamento e o valor das contribuições serão definidos oportunamente pela Presidência e pelo Conselho Diretor do VMT.

VI – DO CURSO DE CONDUTA
1 – Todos os Integrantes do VMT deverão, obrigatoriamente, participar do Curso de Conduta oferecido pelo Grupo conforme agenda divulgada no Fórum Viageiros MT.

Pirassununga, 20 de janeiro de 2018.


CARLOS ALBERTO ZUFFO
DIRETOR PRESIDENTE

NELSON APPARECIDO FERNANDES
CONSELHO DIRETOR

MARÇAL MATSUMOTO
CONSELHO DIRETOR

ROGÉRIO GIGLIO FERREIRA
CONSELHO DIRETOR